sábado, 24 de novembro de 2012

Um beijo e um queijo!


Se, dois laços se permitem entrelaçarem-se por Amor
em corpos tão quentes e almas mais ardentes...

Se, por Deus se fazem um só diamante vindo do carvão...

Se, pelos dois se fazem dois olhares tímidos se beijarem
loucamente em meio aos tantos outros loucos...

Se, um e um são dois, eles se permitem outras...
outras sementes semeadas em meio ao mundo das flores
das dores dos amores dos colores do campo...

E, se uma farda se completa com outra por um beijo
e um queijo;

Então! A doce imagem que todos nós vemos, meu Deus!

É o que chamamos de inocência do que não se vê.


























Nenhum comentário:

Postar um comentário